sábado, maio 15, 2021
Brasil
163,165,592
Total de casos confirmados
Updated on 2021-05-15 23:11

Trabalhador terá dez dias para contestar auxílio emergencial negado

Publicidade (1) 800 200

Os trabalhadores que tentam ser incluídos na nova rodada do auxílio emergencial devem estar atentos. Segundo o Ministério da Cidadania, a Dataprev, estatal responsável pelas informações cadastradas no programa, continua a processar as bases de dados. Assim que novas listas de beneficiários forem divulgadas, o cidadão terá dez dias para contestar benefícios negados ou com valor menor que o previsto.

A consulta deve ser feita diariamente na página desenvolvida pela Dataprev dentro do site do Ministério da Cidadania. O trabalhador deverá digitar nome completo, nome da mãe, CPF, data de nascimento e conferir se um novo lote de beneficiários foi liberado.

Só está elegível para receber a nova rodada do auxílio emergencial quem recebia o auxílio de R$ 600 ou a extensão de R$ 300 em dezembro do ano passado e cumpre os critérios de elegibilidade da medida provisória que instituiu a nova fase do programa. Caso o benefício não tenha sido liberado ou tenha sido liberado em valor abaixo do previsto, o trabalhador poderá fazer a contestação.

Nesta rodada, o auxílio emergencial varia de R$ 150 a R$ 375, dependendo da situação do beneficiário. Diferentemente do ano passado, em que até duas pessoas da mesma família recebiam as parcelas, agora apenas um membro receberá o benefício.

Novos lotes

O lote mais recente do auxílio emergencial, que incluiu 236 mil pessoas, foi liberado pelo Ministério da Cidadania na última segunda-feira (12). Quem discordou do processamento de dados poderá contestar o resultado até 22 de abril.

A contestação é feita no mesmo site da consulta, bastando ao usuário clicar no botão “Solicitar contestação”. O próprio sistema só aceitará critérios passíveis de reavaliação, como informações erradas ou desatualizadas. Não será possível fazer um novo pedido, porque a base de dados usada é a de quem pediu o auxílio emergencial até o início de julho do ano passado.

Após o pedido de contestação, a Dataprev analisará as novas informações fornecidas pelo trabalhador. Como a reavaliação não tem prazo, o beneficiário deverá acessar o site diariamente.

Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil 

Publicidade (2) 800 200
Publicidade 1
Publicidade 2
Publicidade 3
Publicidade 4

Mais Notícias

Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G

Tecnologia funcionará em fase experimental numa fazenda em Mato Grosso

Abate de bovinos cai 10,3% no primeiro trimestre do ano

Produção de suínos e de frangos cresceu

IBGE prevê safra recorde de 264,5 milhões de toneladas para 2021

Produção deve superar em 4,1% a safra de 2020

NOVIDADE: Rincon del Sarandy comemora 25 anos com leilão virtual

Rincon Code ofertará 150 animais Angus, Brangus e Ultrablack

Nubank anuncia quatro novos membros para o Conselho Administrativo

A recomposição do Conselho Administrativo acontece em um momento de amadurecimento e consolidação da liderança da empresa
Publicidade (3)
Publicidade (4)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

error: Content is protected !!
×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para contato@segundodiario.com.br

× Você Repórter