Arena Hits
AGRO DIÁRIO
SDiario
Arena Hits
AMAZÔNIA

Mais de 40 mil militares irão atuar na Amazônia para conter queimadas

Liberação imediata de R$ 38,5 milhões, procurando atender de forma emergencial pleito apresentado pela Defesa. Esse valor será liberado ao MD, conforme compromisso assumido pela Economia

25/08/2019 12h52Atualizado há 3 semanas
Por: Redação Segundo Diário
Fonte: Metro Jornal / Band
Fumaça e céu laranja por conta dos incêndios na região de Humaitá, no Amazonas - Foto: Raissa Kasolowsky/Reuters
Fumaça e céu laranja por conta dos incêndios na região de Humaitá, no Amazonas - Foto: Raissa Kasolowsky/Reuters

Segundo o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, a permanência deve se estender até o dia 24 de setembro. Além disso, o militar ressaltou que algumas tropas já estão em ação.

Na manhã deste sábado, 24, integrantes do governo participaram de uma reunião para definir os próximos passos no combate aos incêndios.

Pelo lado do Ministério do Meio Ambiente, a pasta afirma que está prestando todo apoio às ações do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade e ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

"Estadão Conteúdo: O Ministério da Economia informou por meio de nota neste domingo, 25, que atenderá o pedido do Ministério da Defesa de descontingenciamento de R$ 38,5 milhões que estavam contingenciados das Operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). O presidente Jair Bolsonaro decretou a GLO na sexta-feira, 23, para o apoio das Forças Armadas ao combate às queimadas na região amazônica.

Neste sábado, 24, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, havia dito que a ideia era utilizar R$ 28 milhões diretamente para a contenção do desmatamento na Amazônia."

Leia Mais AQUI

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.