Arena Hits
AGRO DIÁRIO
Arena Hits
SDiario
SOJA BRASIL

Interrupção de compras de soja do Brasil

Maior produtora mundial de salmão considera interromper compras de soja do Brasil.

Mercado Rural

Mercado RuralTudo sobre Mercado Rural...

03/09/2019 19h04
Por: Redação Segundo Diário
Fonte: Estadão Conteúdo / Agron
Foto Reprodução
Foto Reprodução

Mowi diz que terá de considerar a possibilidade de encontrar outros fornecedores de matérias-primas para ração caso situação da Amazônia não melhore.

A maior produtora mundial de salmão, a norueguesa Mowi, informou que considera interromper as compras de soja do Brasil, caso a situação do desmatamento na Amazônia não melhore. O anúncio foi feito em comunicado divulgado pela empresa n noite desta quarta-feira (28/8).

"O tratamento dado à Amazônia é inaceitável. A Mowi terá de considerar a possibilidade de encontrar outros fornecedores de matérias-primas para ração, a não ser que a situação melhore", afirmou a diretora de Sustentabilidade da companhia, Catarina Martins.

A companhia utiliza soja para alimentação de peixes de suas unidades de piscicultura e também para fabricação de ração animal para terceiros. "A Mowi adquire (soja) de fornecedores certificados, e pode garantir que nossos suprimentos não estão atualmente vinculados ao desmatamento ou às violações dos direitos humanos", acrescenta Catarina, no comunicado.

A empresa relatou que os seus contratos de importação de oleaginosa preveem aquisição somente de matéria-prima com garantia dos padrões internacionais de sustentabilidade ambiental, como a certificação ProTerra. "No entanto, é importante que nós e todos os outros que compram produtos do Brasil afirmemos claramente que a floresta tropical deve ser preservada e que a situação atual é inaceitável", observa a executiva de sustentabilidade da companhia norueguesa.

Segundo a própria empresa, sua fábrica de ração produziu 348 mil toneladas do suprimento em 2018. A Mowi informou também que não utiliza soja transgênica como matéria-prima.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.