Arena Hits
Arena Hits
AGRO DIÁRIO
SDiario
FCO - MS

Conselho do FCO remaneja recursos para atender demanda do Comércio e Serviços

Os conselheiros deliberaram, ainda, sobre 23 cartas consultas de financiamentos, sendo a quase totalidade (20) da linha FCO Empresarial.

Nação Rural

Nação RuralTudo sobre agropecuária.

03/09/2019 19h36
Por: Redação Segundo Diário
Fonte: João Herminio Prestes Viana / Semagro
 Foto Divulgação
Foto Divulgação

Campo Grande (MS) – Os membros do Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) decidiram, durante a 8ª Reunião Ordinária realizada na manhã desta terça-feira (3), na Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, remanejar recursos dentro da rubrica FCO Empresarial para atender demanda crescente dos setores do Comércio e Serviços.

“Temos visto uma procura muito grande por parte das empresas prestadoras de serviço e do comércio em geral por recursos, de modo que o valor reservado para financiar esses setores já estava se esgotando. Como havia a possibilidade de remanejar recursos que estavam previstos para a indústria, fizemos a proposta e os membros do Conselho aprovaram. Dessa forma temos, agora, disponibilidade para atender os projetos já internalizados, o importante é fazer o recurso do FCO chegar ao mercado”, disse o secretário da Semagro Jaime Verruck, que preside o Conselho gestor do FCO.

Com o remanejamento, a cota do Programa de Desenvolvimento para Comércio e Serviço, dentro do orçamento do FCO Empresarial, ganha aporte de R$ 164 milhões e passa de R$ 337 milhões para R$ 504 milhões. Não há alteração no valor global do Fundo nem no total destinado para o FCO Empresarial e Rural. Para 2019 estão disponibilizados R$ 1,873 bilhão em recursos do FCO para Mato Grosso do Sul.

Os conselheiros deliberaram, ainda, sobre 23 cartas consultas de financiamentos, sendo a quase totalidade (20) da linha FCO Empresarial.

De janeiro a agosto deste ano, conforme balanço divulgado na reunião do CEIF-FCO, foram realizadas 2643 contratações do FCO junto às instituições financeiras, superando R$ 1 bilhão em financiamentos de novos empreendimentos para Mato Grosso do Sul. Destes, 1534 são do segmento Empresarial e 1109 do Rural. Há ainda diversos projetos em diferentes fases de tramitação que superam R$ 1 bilhão em investimento previsto.

O CEIF/FCO é o órgão colegiado de deliberação coletiva, vinculado à Semagro, responsável por gerir os recursos da linha de financiamento. O CEIF/FCO é presidido pelo secretário da Semagro e integrado por representantes das Secretarias de Infraestrutura (Seinfra), de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), dos órgãos vinculados à Semagro: Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) e Imasul (Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul); das federações de Agricultura, Indústria e Comércio; do Sebrae e da Federação de Trabalhadores Rurais (Fettar/MS).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.