Arena Hits
SDiario
Arena Hits
AGRO DIÁRIO
POLÍTICA

Glenn critica relação de Moro com Bolsonaro: “Síndrome de Estocolmo”

O jornalista, diretor do site The Intercept, compartilhou um tweet do ministro abraçado a Bolsonaro

08/09/2019 17h57Atualizado há 1 semana
Por: Redação Segundo Diário
Fonte: Metropoles
IGO ESTRELA/METRÓPOLE
IGO ESTRELA/METRÓPOLE

O jornalista Glenn Greenwald, usou sua conta no Twitter para criticar a relação entre o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Segundo do diretor do site The Intercept, a relação de Moro com o presidente está muito próxima da “Síndrome de Estocolmo.

No post, ele ainda explica o distúrbio psicológico que pode acometer vítimas de sequestro, aprisionamentos ou pessoas submetidas a um tempo prolongado de intimidação.

“Isso agora está muito próximo da “Síndrome de Estocolmo”: quando uma vítima de sequestro se apaixona por seu sequestrador, e quanto mais dignidade e auto-estima elas perdem, mais agradecidas e leais se tornam. Muito desconfortável de assistir”, manifestou o jornalista, ao compartilhar uma postagem do próprio ministro com uma foto de Moro abraçado a Bolsonaro no palanque de comemorações do Dia da Independência, na manhã deste sábado (07/09/2019), em Brasília.

O The Intercept é responsável pelas publicações com diálogos vazados da cúpula da Lava Jato, escândalo conhecido como Vaza Jato.

Sérgio Moro é um dos principais alvos da Vaza-Jato, série de mensagens interceptadas pelo site e divulgadas ao público, nas quais o The Intercept afirma poder provar que houve uma orquestração política por parte da Lava Jato para prejudicar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o Partido dos Trabalhadores (PT).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.